Fechar
Metadados

%0 Thesis
%4 sid.inpe.br/mtc-m18@80/2009/07.17.14.47
%2 sid.inpe.br/mtc-m18@80/2009/07.17.14.47.27
%A Silveira, Virginia Piccinini,
%T Incursões de ar frio sobre a região sudeste da América do Sul
%D 2009
%E Orsini, José Antonio Marengo (presidente),
%E Gan, Manoel Alonso (orientador),
%E Cavalcanti, Iracema Fonseca de Albuquerque,
%E Ambrizzi, Tércio,
%E Müller, Gabriela Viviana,
%8 2009-08-13
%J Cold-air outbreaks over southeast of South America
%I Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais
%C São José dos Campos
%K incursões de ar frio, América do Sul, desenvolvimento corrente abaixo, anomalia de alta frequência, cold-air outbreaks, South América, energetics, downstream development, high-pass filtered anomaly.
%X Neste trabalho foram estudadas as características físicas e dinâmicas das incursões de ar frio durante os meses mais frios (maio, junho, julho, agosto e setembro) da região sul do Brasil. No estudo da tendência da temperatura mínima das estações de superfície que apresentam mais de 30 anos de dados, encontrou-se uma variabilidade interdecadal, porém quando analisada a série completa, não se observou tendência na maioria das estações. Para selecionar os casos mais intensos de incursões de ar frio, foi usada a temperatura mínima filtrada na alta freqüência (até 7 dias). Dos casos selecionados, foram feitos compostos Tipo A (frente fria, 51 casos) e Tipo B (ciclogêneses, 51 casos), separados de acordo com o padrão atmosféricos dias antes da queda de temperatura. Nos casos Tipo A, a penetração de um anticiclone associado a um sistema frontal foi o fator responsável pela queda de temperatura na região sul do Brasil, e nos casos Tipo B, foi a formação de ciclone que evolui para uma frontogêneses. Nos campos compostos da altura geopotencial filtrada na alta frequência, observou-se nos dois casos estudados, que as anomalias se formam primeiro em altos níveis, com máximo em aproximadamente 300hPa. Durante o deslocamento dos centros anômalos para nordeste, eles intensificam e propagam para níveis mais baixos, com uma inclinação para oeste com a altura. Um padrão de onda 2 forma-se no Dia-3, e nos casos Tipo B, esse padrão de onda evoluiu para onda 3 no Dia-1. A energética desses centros mostrou que a conversão BRC foi o principal termo fonte de energia para estes centros anômalos, a conversão BRT o sumidouro e termo DCA ajudou na intensificação das anomalias. Em relação a energética dos dados não filtrados, a formação dos centros de energia cinética ocorreu a partir do Dia-4 nos casos Tipo A e nos casos Tipo B Dia-7, e a conversão BRC só não foi importante na formação do centro de energia localizada próxima da região de energia cinética que permanece estacionária sobre o Oceano Pacífico Central e Oeste. ABSTRACT: To study the physical and dynamical characteristics of the cold air outbreaks during the colder months (May, June, July, August, and September) in the Southeast of South America is the aim of this investigation. The filtered high frequency temperature (up to 7 days) was used in order to select the most intense cold air incursion cases. The selected cases were divided into two types according to the atmospheric patterns observed before the temperature drop: Type A (cold front, 81 cases) and Type B (cyclogeneses, 51 cases). The anticyclone penetration associated with a frontal system was considered the main responsible for the temperature drop in Type A cases. The cyclone formation with frontogeneses was main characteristic in Type B cases. The high-pass frequency filtered geopotential height anomalies show that they formed firstly at high levels, with maximum at 300hPa. During the northeastward displacement of the anomalous centers, intensification, downward propagation up to lower levels and vertical west-down tilt was observed. A 2-wave pattern formed in the Day-3 developed into a 3-wave in the Day-1 in Type B cases. The baroclinic and the barotrópica conversion terms and the downstream development term were identified to be the source, the sink and the intensification, respectively, in energetics of these anomalous centers. The kinetic energy centers formed since the Day-4 in Type A cases and since the Day-7 in Type B cases for the non-filtered data. The baroclinic conversion had a less importance role in the energy center formation located near kinetic energy area and remained stationary in the Central and West Pacific Ocean.
%P 123
%@language pt
%9 Tese (Doutorado em Meteorologia)
%3 publicacao.pdf


Fechar