Fechar
Metadados

%0 Thesis
%4 sid.inpe.br/MTC-m13@80/2005/08.22.11.30
%2 sid.inpe.br/MTC-m13@80/2005/08.22.11.30.19
%A Marques, Rosa de Fátima Cruz,
%T Um estudo observacional de energética e eficiência das ondas baroclínicas no Hemisfério Sul
%D 1991
%E Rao, Vadlamudi Brahamananda(presidente/orientador),
%E Caetano Neto, Ernesto dos Santos,
%E Satyamurty, Prakki,
%E Innocentini, Valdir,
%E Bonatti, José Paulo,
%E Franchito, Sérgio Henrique,
%8 1991-05-14
%J An observational study of the energetics and efficiency of baroclinic waves in the southern hemisphere
%I Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
%C São José dos Campos
%K ciências meteorológicas, hemisfério sul, ondas baroclínicas, transporte de calor, momentum, meteorology science, southern hemisphere.
%X Neste trabalho fez-se um estudo observacional das características das ondas baroclínicas de escala media (numero de onda de 4 a 7) que frequentemente dominam a atmosfera de verão do Hemisfério Sul. Este estudo também detalha a evolução das ondas de escala media durante um ciclo de vida particular. Os coeficientes de correlação entre o vento meridional e temperatura e entre o vento meridional e zonal medem a eficiência do transporte de calor e momentum, respectivamente. As eficiências são calculadas para os estágios de desenvolvimento e decaimento da onda baroclínica. A onda fica mais eficiente em transportar calor aproximadamente um dia antes de atingir o máximo em energia cinética. O aumento na variância da componente zonal do vento esta associado com pequeno transporte de momentum, fazendo com que a eficiência desse transporte diminua. A energética das ondas de media escala foi estudada através das equações de Saltzman (1957). O cálculo da energia mostra ciclos de vida bem definidos, com decaimento barotrópico. O termo de conversai entre a energia potencial disponível turbulenta e energia cinética [equação] foi calculado através da equação da vorticidade quase-geostrófica para ômega (componente vertical da velocidade do vento) e aproximação hidrostática para alfa (volume específico). Para [equação] menor que zero tem-se aumento de energia cinética turbulenta devido a transformação de energia potencial disponível que diminui. A validade da aproximação geostrófica e hidrostática e examinada na troposfera de verão do Hemisfério Sul. O erro geostrófico no transporte de calor e menor do que no transporte de momentum. ABSTRACT: In the present work observed characteristics of medium-scale (wave numbers 4-7) baroclinic waves which dominate summer atmosphere are studied. The efficiencies of baroclinic eddies in transporting heat and momentum are also studied. The correlation coefficients between meridional wind and temperature and meridional wind and zonal wind measure the efficiencies of heat and momentum transport respectively. The wave becomes efficient in transporting heat approximately one day before attaining maximum kinetic energy. Barotropic decay of the wave is associated with higher efficiency of momentum. The energetics of medium-scale waves are calculated using the Saltzman (1957) equations. Energy calculations show well defined life cycles with baroclinic growth, maturity and barotropic decay. The term of conversion between potential energies and kinetic energies [equation] is also calculated. Finally, the validity of geostrophic and hydrostatic approximations is examined. It is found that the geostrophic errors are more in the case of momentum transport than in the case of sensible heat transport.
%P 115
%@language pt
%9 Dissertação (Mestrado em Meteorologia)
%3 publicacao.pdf


Fechar